• Ana Vitória Magalhães

Eu fui para a COP 25!

Este ano, foi um ano diferente. Fui convidada pela UNESCO MAB para participar de diversos eventos ao redor o mundo, incluindo um Forum para Jovens na China e o Youth Climate Summit em Nova York.


Esse mês de dezembro, fui convidada para participar da COP, ou Conference of Parties, em Madrid. Eu fiz um video para o Youtube explicando exatamente a importância das conferencias internacionais,, clica abaixo para assistir:



E ai, como foi?


Foi legal, ter acesso a vários eventos como estes, mas quando estamos ali, percebemos que os jovens ainda precisam de mais espaço de voz. Ainda somos parte "observadora" e não parte ativa dos eventos, e não entramos ainda nas negociações.


E jovens são pessoas de 18-35 anos. Ainda é pouca a representação de pessoas nessa faixa etária em eventos e somos vistos como "juvenis" ou algo até quase ilusório, infantil...


O que a maioria dos políticos não entendeu, é que temos que ocupar cadeiras de negociação do lado deles. É preciso existir uma cadeira para "jovens" dentro de cada mesa de tomada de decisão.


E dentro dessas mesas, é preciso defender o futuro das próximas gerações.



Como eu posso participar de um evento como esse?


Tem muitas formas. No video expliquei algumas. Voce pode por exemplo, conversar com alguma autoridade local, um ministério do meio ambiente, alguma agencia de proteção a natureza e dizer que tem o interesse de ser um "enviado" jovem pelo cima, (ou pelos plásticos) para esses conferencias.


Existe dinheiro pra isso? Na maioria das vezes sim, caso não houver, é preciso buscar fundos. Geralmente na maioria das administrações publicas, é possível negociar e pedir para que cubram estes gastos.



O que faço depois?


É importante ir a estes eventos, mas é mais importante: agir localmente. É aquele velho cliche. É muito importante entender o que podemos fazer na nossa casa, na Nosa vizinhança quando voltar.



Tudo começou com a Greta?


Em partes sim. O movimento Friday's for Future, iniciado como greve escolar pela Greta Thunberg, na Suécia, foi o estopim dessa onda de jovens lutando pelo meio ambiente ao redor do mundo. O que pode parecer moda, é na verdade uma urgência.


A Greta aponta o dedo para algo que sempre aconteceu: a marginalizaçao dos jovens tanto em eventos como estes, mas também na vida real. Na vida real, as políticas não incluem os jovens, e as Convenções internacionais, tanto para o clima, quanto para plásticos, não são obedecidas por nenhum pais.


Ninguém esta muito preocupado com as futuras gerações - e as futuras gerações, ja estão vivas! Então é muito importante fazer com que jovens sejam incluídos em discussões políticas, porque o que fazemos hoje que define onde vamos no futuro.



-


Para consultorias, palestras e workshops nos envie um e-mail anavitoriamagalhaes@icloud.com


Tenho um canal no Youtube cheio de videos e materiais interativos, dois videos novos toda semana quarta e sexta as 18h! Clique aqui para se inscrever !


Está interessado em saber mais sobre educação ambiental ? Siga meu Instagram !

  • YouTube
  • Instagram Ana Vitoria

© 2019 por Mais Planeta. Independentemente criado por Ana Vitoria Tereza de Magalhães.